Notícias

1 13/09/2019 17:30

O Departamento de Polícia Técnica de Santo Antônio de Jesus, coordenado por Lino Oliveira, conseguiu identificar através do exame de coleta de impressões digitais o corpo de Maria Damiana de 55 anos, morta pelo companheiro e enterrada em bar na Rua da Linha, em Santo Antônio de Jesus.

Em entrevista ao repórter Antônio Carlos da Rádio Andaiá FM nessa sexta-feira (13), Oliveira contou sobre as dificuldades que o DPT – Departamento de Polícia Técnica enfrentou durante a identificação do corpo.

De acordo com o coordenador, um dos primeiros desafios foi a coleta das impressões digitais do corpo. “São determinados desafios que nós como técnicos da polícia enfrentamos. Obviamente que um caso desses, onde houve comoção pública e ocultação de um cadáver, é lógico que um cadáver que foi encontrado e recolhido no mesmo dia para fazer o exame é bem diferente de um cadáver de 9 dias. Tivemos esse enfrentamento com as impressões digitais do corpo de Damiana, tivemos também o estado de decomposição que dificultou até para fazer outros exames. Criamos uma linha de investigação para identificação, começando pelo natural que seriam as impressões digitais, e tivemos uma certa dificuldade porque as pontas dos dedos estavam laceradas”, informou.

O segundo desafio, foi o exame de Arcada Dentária, que foi realizado aqui em Santo Antônio de Jesus. “Um trabalho maravilhoso foi feito pelo nosso perito-técnico Javan Corsini. Ele conseguiu isolar uma parte da luva do dedo, polegar esquerdo do corpo, e ainda conseguiu encontrar 12 pontos coincidentes que atestam que realmente é o corpo de Damiana. Em paralelo a isso, pedimos um exame radiológico da arcada dentária que foi feito pelo perito odonto-legal, mas não obtivemos sucesso porque não tínhamos a comparação para poder fechar esse caso.

Outro desafio foi o exame de raio-x feito em Salvador. “Fizemos também o exame radiológico do corpo da vítima, porque havia uma suspeita de que a vítima teria sido alvejada por projétil de arma de fogo, por causa de uma perfuração que estava no pescoço e para tirar as dúvidas fizemos esse exame. O exame não acusou a presença de projétil de arma de fogo, então isso significa que só estaríamos na expectativa de fazer o exame de DNA para identificar o corpo. Graças a Deus o perito conseguiu fazer esse trabalho maravilhoso, que será ilustrado no laudo pericial. Eu vou apresentar esse trabalho também, com ele, em algum momento para que possa elucidar e ver como um trabalho técnico tem a sua importância”, afirmou.

O exame radiológico revelou uma fratura no crânio de Damiana pela marretada que ela recebeu. Os exames também identificaram que o acusado tentou esgorjar a vítima com um corte bem profundo no pescoço. 







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.