Notícias

1 04/12/2023 14:00

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), em 2019, 3,4% da população do país com dois anos ou mais declararam ter muita dificuldade, ou não conseguir de modo algum enxergar, o equivalente a cerca de sete milhões de brasileiros com deficiência visual. Visando contribuir com uma alternativa que permita o acesso às imagens por meios não visuais, os pesquisadores baianos Yago Fonsêca e Rafael da Costa, liderados por Leka Hattori, desenvolveram um produto que converte elementos do espaço em sons.

O projeto é vencedor do Nasa Space Apps Challenge Salvador, iniciativa que tem como proposta reunir comunidades locais dispostas a pensar soluções viáveis diante de dificuldades sociais. Yago Fonsêca, estudante de engenharia elétrica, do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), explica como foi realizada essa primeira etapa da pesquisa. “A Nasa disponibilizou elementos 3D do espaço para desenvolvermos o programa. Com isso, através de muitos códigos, chegamos ao resultado que temos. Já conseguimos converter vídeos e fotos em sons, porém estamos tentando transformar esses sons em algo mais harmônico”.

Clique aqui e acesse o ba.gov.br. Informações do estado e diversos serviços, tudo em um só lugar.
A proposta dos pesquisadores, no momento, é aprimorar o programa para aplicar à vivência experimental de pessoas com deficiência visual e concorrer à etapa mundial da Nasa. Além de possibilitar ao público-alvo “enxergar através dos ouvidos”, a dupla está esperançosa de ficar no Top 10 do ranking global da competição.

Para os desenvolvedores, essa é uma chance de gerar visibilidade e conseguir parceiros e apoiadores para o projeto. Até então, não há financiamento, mas a pretensão é lançar o produto em 2024. “Contamos apenas com o apoio motivacional do pessoal do Space Terra e os mentores do Space apps Salvador”, afirma Yago.

Na perspectiva de inovação, o trabalho busca a inclusão social visando proporcionar uma experiência sinestésica. “Transformar a forma em que as pessoas enxergam o universo, de forma que até pessoas que não podem enxergar, tenham a possibilidade de apreciar essa maravilha”, destaca o pesquisador.

Bahia Faz Ciência

A Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) estreou no Dia Nacional da Ciência e do Pesquisador Científico, 8 de julho de 2019, uma série de reportagens sobre como pesquisadores e cientistas baianos desenvolvem trabalhos em ciência, tecnologia e inovação de forma a contribuir com a melhoria de vida da população em temas importantes como saúde, educação, segurança, dentre outros. As matérias são divulgadas semanalmente, sempre às segundas-feiras, para a mídia baiana, e estão disponíveis no site e redes sociais da Secretaria. Se você conhece algum assunto que poderia virar pauta deste projeto, as recomendações podem ser feitas através do e-mail [email protected].







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.430-180
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.